Plano de Negócios – O que é e pra que serve ?

Compartilhamentos

Você já imaginou realizar uma viagem sem planejamento? Ou até mesmo construir uma casa sem levar em conta o orçamento necessário para tal? Tudo isso implica na construção de um planejamento prévio das etapas e itens necessários para realizar tal ação.

Quando estamos empreendendo a questão do planejamento também é muito importante, e aqui entra uma ferramenta muito poderosa de planejamento, o plano de negócios. No artigo de hoje, veremos o que é esse tal plano de negócios e sua importância no empreendedorismo.

O que é um plano de negócios?

 

O plano de negócios foi criado para organizar as suas ideias e traçar um planejamento de ações que devem ser seguidas para se alcançar determinado objetivo.

criar-plano-de-negócio

Basicamente um plano de negócios é:

Um documento que descreve por escrito os objetivos de um negócio e quais passos devem ser dados para que esses objetivos sejam alcançados, diminuindo os riscos e as incertezas. Um plano de negócios permite identificar e restringir seus erros no papel, ao invés de cometê-los no mercado.

O plano irá ajudá-lo a concluir se sua ideia é viável e se vale a pena investir na mesma. Ajuda também na questão da pesquisa de mercado, análise de concorrentes, definição de público-alvo, definição de fornecedores e etc.

O intuito do plano é ajudá-lo a responder a seguinte pergunta: “Vale a pena abrir, manter ou ampliar o meu negócio?“.

Cabe aqui afirmar que a montagem de um plano de negócio não é uma tarefa fácil. Exige paciência, persistência, comprometimento e muita pesquisa, afinal, esse plano servirá como alicerce para a construção ou manutenção do seu negócio.

RECEBA NOSSO CURSO GRATUITO

Insira seu e-mail abaixo para garantir acesso grátis ao nosso curso Marketing Digital Para Iniciantes.

Qual a real utilidade do plano de negócio?

 

A principal utilidade de um plano de negócio é orientar o empreendedor com informações relevantes sobre o mercado, os produtos e serviços a serem ofertados, o perfil dos clientes que deseja angariar, concorrentes de nicho, fornecedores e pontos fortes e fracos do negócio.

Através de um plano bem estruturado o empreendedor conseguirá planejar a médio e longo prazo o futuro do seu negócio.

Quais as vantagens de se utilizar um plano de negócio?

 

A maior vantagem de se utilizar esse planejamento é identificar erros enquanto eles ainda estão no papel e não cometê-los no mercado.

Outra vantagem notória é quanto à pesquisa dos seus concorrentes. Nesse ponto você irá ficar sabendo detalhadamente como funciona a concorrência, quais os seus pontos fracos e no que precisa melhorar.

Assim, você poderá fornecer serviços ou produtos de qualidade ao seu futuro cliente, coisa que a concorrência não conseguiu oferecer.

Por onde começar?

 

por-onde-começar

Tudo começa no sumário executivo, ou seja, um resumo completo do seu plano de negócio. Vejamos do que se trata:

# 01 – Sumário Executivo

 

É a primeira parte do plano. Basicamente é um resumo de todo o plano. Não se trata de uma introdução ou justificativa e, sim, de um sumário contendo seus pontos mais importantes. Nele irá constar:

  • Resumo dos principais pontos do plano de negócio;
  • Dados dos empreendedores, experiência profissional e atribuições;
  • Dados do empreendimento;
  • Missão da empresa;
  • Setores de atividades;
  • Forma jurídica;
  • Enquadramento tributário;
  • Capital social;
  • Fonte de recursos.

Uma observação importante é que apesar do sumário compreender a primeira parte do plano, o ideal seria que ele só deveria ser elaborado após a conclusão de todos os outros passos do plano.

# 02 – Análise de mercado

 

Esta é uma das etapas mais importantes da elaboração do seu plano. Afinal, sem clientes não há negócios.

Os clientes não compram apenas produtos, mas soluções para algo que precisam ou desejam.

Nesta etapa deve-se pesquisar seus possíveis concorrentes, verificar seus pontos fracos, suas fraquezas, serviços e produtos.

>>BAIXAR MODELO COMPLETO DE PLANO DE NEGÓCIOS<<

# 03 – Plano de marketing

 

Aqui você deve descrever os principais itens que serão fabricados, vendidos ou os serviços que serão prestados. Informe quais as linhas de produtos, especificando detalhes como tamanho, modelo, cor, sabores, embalagem, apresentação, rótulo, marca e etc.

Lembre-se de que a qualidade do produto é aquela que o consumidor enxerga. Quando decidir melhorar um produto ou um serviço, pense sempre sob o ponto de vista do cliente.

# 04 – Plano operacional

 

Por meio de layout ou arranjo físico, você irá definir como será a distribuição dos diversos setores da empresa, de alguns recursos (mercadorias, matérias-prima, produtos acabados, estantes, vitrines, prateleiras, equipamentos, móveis etc.) e das pessoas no espaço disponível.

# 05 – Plano financeiro

 

Nessa etapa, você irá determinar o total de recursos a serem investidos para que a empresa comece a funcionar.

>>BAIXAR MODELO COMPLETO DE PLANO DE NEGÓCIOS<<

Conclusão…

 

As dicas que deixo para você é que regularmente revise o seu plano de negócio, facilitando a vida do seu empreendimento e garantido uma maior organização do seu projeto como um todo.

Acredite, não é fácil montar um plano completo. Porém, é extremamente importante você separar um tempo para a criação do mesmo, pois esse simples passo pode significar o fracasso do seu empreendimento antes mesmo de começar.

No mais, me fala, você utiliza um plano de negócio? Sim? Pois então me fala aqui nos comentários como foi sua experiência ao criar o mesmo. Seu feedback é muito importante para a nossa comunidade.

Sobre o Autor Wilker Costa

Estudante de computação e apaixonado por empreendedorismo. Desde cedo buscando sempre inovar e trazer as melhores soluções para seus clientes. Escreve regularmente sobre marketing digital e acredita que esse é o caminho para a liberdade financeira e para a construção de uma sociedade mais empreendedora!

Siga-me::
>